G-CJQGJV70LK
CANAL MARCOS DUARTE

Renault vai vender apenas carros elétricos na Europa a partir de 2030

Por Marcos Duarte em 13/01/2022 às 17:26:53

A Renault anunciou nesta quinta-feira (13) que vai acelerar seu plano de transição para carros elétricos e vender apenas modelos movidos a bateria na Europa a partir de 2030. O anúncio foi dado pelo CEO Luca de Meo em entrevista ao site Automotive News Europe.

Até 2025, a Renault planeja expandir sua linha de carros elétricos com a produção de 24 novos modelos. A montadora francesa quer, ao mesmo tempo, reinventar a Alpine — marca ressuscitada pouco tempo atrás e hoje representando a Renault na Fórmula 1 — como uma marca de luxo, estabelecendo-a como referência no segmento elétrico.

Anteriormente, a Renault estipulara converter 90% da sua produção europeia em modelos elétricos até 2030. Com o anúncio desta quinta-feira, o planejamento da montadora francesa se iguala à meta estabelecida pela Ford e pelas marcas da Stellantis, como Fiat e Peugeot.

Nos próximos anos, há três carros elétricos da Renault no forno: o SUV Megane E-Tech e as versões ressuscitadas do hatch 5 — em sua versão a gasolina, um dos modelos mais vendidos da história da marca — e do crossover 4. Outros dois modelos devem ser anunciados até 2025.

Dacia será a última a se eletrificar

Apesar do anúncio, De Meo ressalta que a Dacia, uma das subsidiárias da Renault na Europa, só será 100% elétrica “em um último momento”, até para manter sua estrutura de preços acessível. Recentemente, aliás, em uma entrevista à Autocar, a chefe de produtos da marca romena deixou claro sua filosofia ao dizer que os consumidores não estão prontos para pagar por carros elétricos.

Uma declaração não muito díspar do depoimento de Gilles Le Borgne, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Renault, que condenou a União Europeia por banir os carros a gasolina do continente em 2035. “Precisamos de tempo para nos adaptar”, disse o projetista, em entrevista à Autocar, em setembro. “Mudar nossas fábricas para essas novas tecnologias não é simples e a adaptação da nossa força de trabalho levará tempo.”

De qualquer forma, De Meo foi taxativo na entrevista desta quinta-feira ao colocar que a Renault “tem obrigação de participar da transição” para carros elétricos, daí a aceleração no plano para 2030. Os resultados da montadora em 2021 serão divulgados no próximo dia 18 de fevereiro.

Via Autocar

Leia também:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Olhar Digital

Comunicar erro
LEIS UNIVEM
CANAL YOUTUBE
LEIS UNIVEM

Comentários

LEIS UNIVEM